(85) 3393-2535
Segunda a sexta das 09:00 às 12:00 e de 13:30 às 17:30
Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

11/03/2020

Como escolher uma faca de sobrevivência

COMO ESCOLHER UMA FACA DE SOBREVIVÊNCIA?

 

Você já parou para pensar que uma faca de sobrevivência pode ser crucial num momento de necessidade? Por mais que qualquer faca ajude em um momento de perigo, a faca correta, pode fazer total diferença no uso extremo. Então vamos entender um pouco sobre faca de sobrevivência! Afinal, como dizem grandes especialistas, o equipamento mais importante em um cenário de precisão é a lamina de uma faca.  

O mercado de cutelaria e artigos outdoor cresce a cada ano que passa. Com diversas marcas, modelos, aços e funções técnicas, as facas se tornam muito difíceis de serem escolhidas gerando muitas dúvidas de qual adquirir.

QUAL A FINALIDADE DE UMA FACA DE SOBREVIVÊNCIA?

Uma faca de sobrevivência tem como finalidade tirar você de uma situação de risco, necessidade ou pelo menos te deixar vivo e em segurança até um resgate chegar ao local. Podendo ser tanto no ambiente urbano como no outdoor.  Isso quer dizer que quando pensamos em uma lâmina tática, significa que ela é criada para aguentar as mais diversas tarefas que um sobrevivencialista encontrará durante sua jornada, como por exemplo cortar lenha, preparar armadilhas, limpar caça e até mesmo arrombar portas – em modelos mais resistentes.

Podemos citar, também, algumas prioridades de sobrevivência que são o abrigo, fogo, água, alimento e sinalização.

MODELOS MAIS COMUNS

Entre diversos modelos existentes, segue alguns específicos que podemos dizer que são os melhores.

Aquele aço que irá se transformar em uma lâmina de faca, em algum momento, precisa ser desbastado (formação do “fio” da lâmina) para que a faca possa ser finalmente afiada. Vale ressaltar o tipo de desbaste, porque influencia na quantidade de aço e a resistência mecânica. Os mais populares são côncavos (hollow), totalmente reto (full flat), parcialmente reto (partial flat), convexo (convex) e o escandinavo (scandi).

1- Côncavo (Hollow): permite uma afiação bem agressiva

2- Totalmente reto (Full Flat): muito resistente e excelente para fatiar. Mais comum essas facas serem usadas na cozinha

3- Parcialmente reto (Partial Flat): bem mais resistente e excelente para cortar madeira, por ser mais pesado costumeiramente.
4- Convexo (Convex): muito comum em machadinhas, pois provavelmente é o mais resistente.

5- Escandinavo (Scandi): fácil de afiar e o fio fica super cortante. Em compensação fica muito frágil por ter menos aço envolvido.

CARACTERÍSTICAS IMPORTANTES

Aço: Aço carbono ou inox? Os dois tem características diferentes e a escolha vai depende das suas preferências ou necessidades. O aço carbono tem mais durabilidade do fio em comparação ao inox. Já em relação a enferrujar o inox já se torna uma ótima opção. Principalmente se você vai molhar muito sua faca e não tem como secar, o inox é uma boa opção.
Aços recomendados:

Carbono: A2, D2, O1, 1095, 5160

Inox: CPM 154, S60V, BG-42, S90V, CPM S30V

 

Full Tang: A faca de sobrevivência deve ser FULLTANG (integral ou monobloco). Ou seja, foi fabricada com um único pedaço de aço, não possuindo soldas ou emendas que a deixariam mais frágil.

 

Empunhadura: o cabo deve permitir uma pegada segura e agradável. A micarta e o G10 são bem aderentes, material moderno e muito duráveis. A faca sendo fulltang, mesmo se as talas quebrarem, ela continuará funcional.

Pomo: grosseiramente falando é a ponta da empunhadura, podendo ser reto ou pontiagudo. No caso do pontiagudo, permite que você quebre um vidro de carro, por exemplo. Já o reto dá para fixar estacas e quebrar castanhas.

Serrilhado: evite facas de sobrevivência com serrilhado, porque você perde a área do fio onde tem mais controle, para  cortes precisos. Além da facilidade para reafiar quando necessário. 

Guarda: não é recomentado facas com guarda no dorso, pois isso limita posições importantes de empunhadura. Elas são ótimas para facas de combate e adagas, que no caso de uma perfuração, vai evitar que sua mão escorregue e passe pelo fio da faca ocasionando um ferimento no usuário.  

Lembre-se de usar uma bainha. Vai proporcionar proteção para sua faca e para você, além de um verdadeiro "cinto de utilidades". Importante, também, que a bainha fique próxima ao corpo, com amarração na altura do cinto e da perna.

Essas são as principais características para você escolher a sua faca de sobrevivência diante das suas maiores necessidades. Em nosso site e loja física temos diversos modelos onde você poderá escolher a que se encaixe no seu desejo.