(85) 3393-2535
Segunda a sexta das 09:00 às 12:00 e de 13:30 às 17:30
Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

14/01/2020

Como evoluir na corrida de rua?

           Correr é uma atividade física completa que faz bem ao corpo e mente. Fazer uma caminhada ou uma corrida melhora diversos fatores do corpo como o funcionamento cardíaco, o humor, promove a redução da pressão arterial e do colesterol ruim (HDL), entre diversos outros benefícios.

           Para praticar atividade física de corrida de forma correta, indicamos ter acompanhamento de um profissional e se possível utilizar os artigos esportivos adequados para que consiga definir, desenvolver e atingir as metas. É o chamado APRENDER A CORRER!

 Aí nos perguntamos ACOMPANHAMENTO PROFISSIONAL E UTILIZAR ARTIGOS ESPORTIVOS ADEQUADOS? Sim!

           Quando se vai iniciar uma atividade física como a corrida o ideal é que um profissional da área faça uma avaliação física, analise seus resultados e faça uma planilha de corrida adequada para seu objetivo e condicionamento físico. A avalição, instrução, medição e evolução de treino se tornam mais rápido e fácil com um monitor cardíaco.

 

COMO FUNCIONA O MONITOR CARDÍACO

           O monitor cardíaco vai servir para medir e controlar os batimentos cardíacos indicando sua frequência máxima (FC máx) e sua frequência mínima (FC repouso) entre outros fatores, sendo um ótimo indicador fisiológico usado para a prescrição de um treinamento adequado para o seu condicionamento físico. Com isto, o aparelho se torna tão importante na hora de prescrever um treino evitando algum prejuízo à saúde.

Ao fazer cálculos simples o professor vai saber a sua frequência cardíaca ideal para o decorrer do treino, onde através do GPS com monitoramento cardíaco você conseguirá acompanhar em tempo real suas métricas e evoluir gradativamente os quilômetros em um tempo cada vez melhor de uma forma que as chances de lesão diminuam bastante.

           Por exemplo, se você corre a uma velocidade de 15 km/h e tem batimento de 170 por minuto, conforme for ganhando resistência, vai ser possível fazer a mesma velocidade com menos batimentos cardíacos por minuto. O coração vai bater menos vezes para fazer o mesmo trabalho. Com isto, os corredores ganham a resistência que tanto desejam.

           A corrida é um tipo de atividade física aeróbico, tendo necessidade de ser praticada com constância, garantindo a evolução do atleta.

           Você sempre observa os amantes de corrida acompanhados de um relógio apropriado para fazer suas medições e garantir que suas metas estejam sendo alcançadas. Confira abaixo as principais características dos famosos GPS de corrida.

 

PRINCIPAIS FUNÇÕES DO GPS DE CORRIDA

           - Acompanhar seu ritmo cardíaco: Quando o professor de corrida prescreve sua ficha de treino ele indica as Zonas dos seus batimentos cardíacos que você deve ficar. Essas zonas vão ajudar você a evoluir nos treinos e melhorar o condicionamento físico, perda de peso e fazer com que você não se desgaste correndo muito além do necessário e adquirindo alguma lesão, por exemplo.

           - GPS integrado: A evolução nos treinos de corrida exige distâncias maiores, mais velocidade e acompanhamento completo do percurso em todas as etapas e locais. Um relógio com GPS é fundamental, já que o equipamento mapeia as principais variáveis no decorrer do treino do dia.

           - Velocidade: indicar sua velocidade na corrida vendo sua evolução. “Corri mais rápido, em menos tempo, fazendo mais Km”

           - Monitora o consumo de oxigênio: Alguns monitores cardíacos informam o seu consumo de oxigênio durante a corrida.

           - Acompanhamento em outras atividades: Para quem não quer só correr, alguns relógios tem a função de outros esportes como o ciclismo, natação (quantidade braçadas foram dadas) entre outros. 

           - Indicam a quantidade de calorias perdidas: Dependendo do treino do dia, você conseguirá perder mais ou menos calorias e o relógio vai indicar isso no resumo do treino realizado. Não necessariamente porque você se sentiu mais cansado que irá perder mais calorias, você apenas deve ter se esforçado demais sem necessidade, mas se estiver dentro da zona da frequência cardíaca adequada ao seu condicionamento a perda de calorias pode ser mais eficaz.

           Os relógios de corrida geralmente são acompanhados de uma cinta para ser colocada na altura do peito onde irá transmitir as informações dos seus batimentos cardíacos para o relógio no pulso. Atualmente, os relógios mais modernos já não vêm mais a cinta e conseguem medir os batimentos do próprio pulso.

            Atualmente, estamos vivendo uma época cada vez mais conectada, com isso os GPS já possuem função de pareamento com seu Smartphone, permitindo que você acompanhe mensagem e notificações recebidas, assim como armazenar todas as informações de sua corrida em aplicativo instalado no seu telefone.

            Não ponha em risco sua saúde, tenha sempre um profissional capacitado para lhe acompanhar nas corridas ou caminhadas e sempre monitorando “seus passos” com um relógio com monitor cardíaco.

            Somos o revendedor autorizado no Ceará da marca Garmin, melhor marca de GPS para corrida. Estamos à disposição para ajudar em suas dúvidas caso deseje escolher um GPS que se adeque no seu estilo e objetivo de esporte com saúde.

 

CURIOSIDADE

Calcule sua frequência cardíaca ideal de treino
Para que você saiba em que zona de treinamento deve estar, faça a seguinte conta:

FC Treino = (FC máx – FC Repouso) x Intensidade + FC Repouso

A frequência cardíaca máxima (FC máx) é fácil de ser calculada, bastando subtrair a sua idade de 220, que são os batimentos cardíacos que você atinge ainda como feto em gestação.

A frequência cardíaca de repouso (FC Repouso) deve ser calculada com o frequencímetro, logo que você acorda ainda deitado.

Já a intensidade da corrida depende da porcentagem de força que você deseja aplicar no treino. Se você for correr com 80% da FC máx, o cálculo seria feito com 0,8, por exemplo.

Supondo que você tenha 30 anos e que sua frequência de repouso seja 55. Desta forma, seu cálculo seria o seguinte:

FC Treino = (190 – 55) x 0,8 + 55
FC Treino = 163 batimentos por minuto.

Pronto! Essa é a sua frequência cardíaca ideal de treino.

(Fonte: Arthur Plácido, educador físico da Fórmula Academia de São Caetano do Sul – São Paulo)